Apneia do sono

apneia-do-sono-salvador-ba-768x512

Apneia do sono

A Apneia do Sono ou SAHOS (Síndrome da Apneia/Hipopneia Obstrutiva do Sono) é uma doença grave e até mesmo fatal. Os riscos de viver com a patologia sem tratá-la incluem ataque cardíaco, acidente vascular cerebral, batimentos cardíacos irregulares, pressão alta, doenças cardíacas e diminuição da libido. Além disso, a apneia provoca sonolência diurna, que pode resultar em acidentes, problemas de perda de produtividade e de relacionamento.

A Fundação Nacional do Sono estima que 18 milhões de adultos têm apneia obstrutiva do sono e é provável que a doença também afete de 2% a 3% das crianças. No entanto, as pessoas que têm SAHOS podem não estar cientes de que têm um problema. Se alguém próximo a você falou de seu ronco alto ou notou que muitas vezes você acorda de repente e com falta de ar, você deve consultar o seu Cirurgião Bucomaxilofacial em Salvador.

O que é a SAHOS?

Durante o sono, as vias aéreas superiores podem ser obstruídas por excesso de tecido, grandes amígdalas ou pela própria língua. Também contribuem para o problema os músculos das vias aéreas, que relaxam e colapsam durante o sono, fossas nasais, além da posição da mandíbula. A cessação da respiração, ou “apneia”, provocada por esses fatores inicia impulsos do cérebro para acordar a pessoa, apenas o suficiente para reiniciar o processo de respiração. A apneia do sono é geralmente definida como a presença de mais de 30 paradas na respiração durante um sono de sete horas. Em casos graves, os períodos sem respirar podem durar desde 60 a 90 segundos e podem reaparecer até 500 vezes por noite.

Como tratar a apneia do sono?

Existem aparelhos como o CPAP, que impulsionam o ar sob pressão para dentro das vias aéreas e são utilizados para dormir. Muitos pacientes não se adaptam ao seu uso por acharem incômodo ou até mesmo por terem vergonha de dormir com a máscara ao lado do parceiro.

A Cirurgia Ortognática de avanço maxilo-mandibular é responsável pelo reposicionamento cirúrgico da maxila e da mandíbula para frente, de forma que aumentam o espaço das vias aéreas na região posterior da orofaringe, assim, o ar passa com facilidade. É o tratamento mais previsível e com resultados imediatos.

Meu plano de saúde cobre este procedimento?

Sim. A Cirurgia Ortognática para apneia obstrutiva do sono pode ser autorizada através do seu plano de Saúde Médico.